Páginas

domingo, 15 de janeiro de 2017

História



Há uma história indiana que li e que para mim fez algum sentido para explicar melhor o objetivo da meditação:

´´ Houve uma altura aqui na Terra, há muitos milhares de anos, em que todos os seres humanos eram deuses. Cada pessoa que por aqui andava tinha o poder de um deus, todos eram eternamente felizes, seres radiantes, cheios de compaixão e amor. Era como se o Ceu tivesse descido à Terra. Mas, no meio de todos esses deuses, havia um que era considerado o rei dos deuses. Era esse rei que orientava tudo, e que de certa forma, governada os outros deuses. Certo dia, o tal rei dos deuses chamou os seus melhores amigos. Reuniram-se numa sala e o rei transmitiu a sua mensagem:
-Meus caros, tenho a dizer-vos que estou um pouco farto de que todos sejam deuses, decidi que vos vou retirar esse poder e que vão passar a ser novamente pessoas comuns.
Os amigos do rei ficaram assustados mas sabiam que ele estava certo nas suas decisões e assim aceitaram a sua vontade. Um dos amigos do rei, Gafur, perguntou:
-Meu rei, o que vais fazer com o poder de cada pessoa, se o vais retirar, vais coloca-lo onde?
-Boa pergunta, Gafur, vamos pensar onde o vamos esconder...
-Já sei, meu rei, vamos coloca-lo bem nas profundezas do oceano, onde nunca nenhum ser humano conseguirá chegar! - disse Gafur com entusiasmo.
-É uma boa ideia, mas penso que não é a melhor opção... os seres humanos são muito inteligentes e vão acabar por lá chegar, um dia.
Outro amigo do reu, Premba, deu conta de tinha uma sugestão:
-Vamos esconde-lo na montanha mais alta que houver na Terra!
Outro companheiro do rei, Brama, sugeriu:
-Ou fazemos um buraco com milhares de metros de profundidade e enterramos o poder lá!
O rei ouvia atenciosamente as sugestões dos seus amigos, mas não estava feliz com nenhuma das opiniões, pois sabia que os seres humanos eram tão inteligentes e que certamente iam acabar por voltar a descobrir o poder de ser deus. Assim o rei partiu e foi refletir durante alguns dias sobre o que fazer com esta situação. Passados alguns dias, o rei voltou a chamar os seus amigos para mais uma reunião. Estavam todos sentados à volta da mesa, o rei levantou-se e disse:
-Meus amigos, já sei onde esconder o poder.
Todos ficaram curiosos e perguntaram ao rei qual o lugar que tinha escolhido. E o rei falou:
- Meus amigos, o poder será escondido no lugar e, que os seres humanos nunca irão procurar, por ser demasiado óbvio e por estar tão perto deles. Eu decidi que o poder da felicidade eterna, o poder de nos tornarmos um só deus, vai ficar escondido dentro de cada ser humano.''

Podemos terminar a historia dizendo que desde esse dia que o ser humano procura a sua felicidade fora dele, nas cidades, nas montanhas,  nos oceanos profundos, noutros planetas, noutras galáxias, em busca sempre de algo que o faça sentir em paz e sentir segurança. É bom querer sempre mais para nós mesmos, mas tudo o que é em demasia tira-nos paz, tira-nos do nosso foco.
Pode passar de um cliché na boca de muitas pessoas, mas, verdadeiramente, o caminho para a felicidade está no nosso interior. É aqui que nós encontramos paz, que sabemos o que é melhor para nós mesmos, o que nos dá equilíbrio, onde vencemos as nossas feridas e mágoas, onde temos respostas, onde sabemos quando avançar e onde nos tornarmos pessoas 'maiores'.

Existem diversas maneiras de encontrar essa felicidade, mas a meditação, sem qualquer duvida, é uma delas. Assim que trouxer a meditação como prática na sua vida, dificilmente entra no ciclo vicioso de fazer  cursos que só o confundem e apenas preenchem o ego. É o ego que gosta de dizer eu já fiz, eu já tenho aquilo, e por aí fora.
Com a meditação nós vamos ao nosso interior apenas para sentir.  E é algo que para a ter não precisa de estar num lugar certo, à hora certa, nem pagar qualquer quantia, e não sofrer qualquer dor.
É realmente um caminho onde tudo à nossa volta começa a fazer sentido.