Páginas

sexta-feira, 3 de março de 2017

Acreditar sem ilusão



Como confiar no universo, como acreditar e ter fé, sem cair na ilusão?

Muitas vezes o nosso ego comanda as nossas emoções. Basta nos deixarmos dominar por elas, que o ego entra em ação. Algo que apareceu como uma pedra atirada ao meio de um lago, é transformado em ondas, arrastando toda a calmaria que outrora existia. Seja para o positivo seja para o negativo.

A primeira tentação é a defesa ou o deslumbramento, emoções extremas que nos cegam a lucidez. A partir daí é uma espiral de emoções, às quais o ego se delicia, se deleita, mostrando-nos o porquê da sua existência. Para o controlo… Diz-nos que só nos controlando é que conseguimos fazer o correto.

Tão errado… desde o início.

É na serenidade das nossas emoções, sejam elas boas ou as que fazem doer que vamos sentindo a vida, escutando-a, experimentando-a, evoluindo e amando. Assim o ego nunca poderia assumir por completo o seu trono, e nunca teríamos a sensação de passar só por cima da vida.

O ego quer sempre resolver tudo, as emoções apenas querem vivenciar. Vivenciar para avançar. O ego quer resolver para ficar seguro. De preferência sempre na mesma zona de conforto. E fica, fica, fica, até cair no mundo da ilusão, das fantasias, completamente cego da mensagem que a sua alma lhe está a querer dar. Quer acreditar, confiar, sem sentir. Como será possível? É completamente antagónico. Então como pode dar certo????

Confiar sim, mas sem nunca nos levarmos pelo ego. É preciso estarmos atentos aos sinais e ao que o nosso corpo/alma/coração nos querem dizer.
Abraço.
Filipa